As principais causas da coceira em cães

Diversos motivos como pulgas, carrapatos, alergias e doenças na pele podem causar a coceira em cachorros.

A coceira em cães é um dos problemas mais frequentes. Quando ela ocorre ocasionalmente é completamente normal, assim como acontece com os humanos. Mas quando isso se torna algo frequente e exagerado pode indicar um problema sério.

Os problemas mais associados com a coceira em cães são a presença de parasitas (como as pulgas e carrapatos). Mas uma série de patologias também podem estar associadas com o ato de se coçar; como problemas psicológicos, doenças de pele e infecções bacterianas!

Pulgas e Carrapatos

Um dos motivos também é o mais conhecido: as pulgas e carrapatos. Esses parasitas infestam o corpo dos pets e, por meio de mordidas, se alimentam do sangue. Dependendo do tamanho da infestação e o porte do animal, a quantidade de sangue no sistema do cãozinho pode baixar a ponto de leva-lo à morte.

A reação de se coçar se dá por conta da saliva dos parasitas. Dependendo da sensibilidade do seu pet a coceira pode se tornar mais grave. Além disso, pulgas e carrapatos também transmitem doenças tanto para os animais quanto para humanos. Portanto, é necessário controlar a infestação o mais rápido possível.

Alergias

Reações alérgicas também podem fazer o cachorro se coçar. Elas são causadas por diversos motivos, desde o contato com produto químico até a mudança na ração. Alguns animais também são mais sensíveis à substâncias alergênicas, fazendo com que o quadro se agrave. Alguns dos principais motivos para alergia são:

  • Pulgas:  Cães alérgicos à saliva das pulgas se coçam ainda mais, podendo criar feridas na pele;
  • Alimentos:  Alguns alimentos podem causar reações alérgicas no seu pet (variando de intensidade e em efeitos), consulte um médico veterinário para identificar o problema imediatamente;
  • Plantas:  Alguns tipos de plantas também são capazes de causar alergias na pele dos cães e precisam ser isoladas o mais rápido possível;
  • Dermatite de contato: O contato do pet com alguns produtos (especialmente os químicos) levam à alergia.

Existem uma série de testes que podem ser aplicados por profissionais que conseguem identificar as causas das alergias.

Sarna

A sarna é uma doença de pele causada por um ácaro. Apesar de existir tratamento para essa patologia, ainda não existem vacinas que consigam prevenir o seu contágio. Ela costuma atingir cães, mas é possível que gatos e até mesmo humanos sejam afetados por essa patologia.

Nela, o ácaro “cava túneis” na pele do hospedeiro, colocando ovos durante o processo. Isso faz com que o cão se coce agressivamente, perca pelo e desenvolva feridas na pele. A sarna causa muito sofrimento no pet e precisa ser tratada com urgência.

Infecções bacterianas

Doenças como a piordemite também fazem o cachorro se coçar. A infecção apresenta lesões na pele do animal, com ou sem pus, e pode chegar a causar uma úlcera, que seria a perda profunda do tecido do animal.

O diagnóstico da doença que causa a coceira em cães pode ser feito por meio de exames clínicos ou laboratoriais e o seu tratamento geralmente é feito pela ministração de antibióticos. Caso o animal apresente ferimentos na pele, perca de pelo e esteja com coceira aguda, procure um médico veterinário imediatamente.